Vantagem Competitiva na Manufatura

Como a Quadrillion Partners transformou a flexibilidade de manufatura de uma empresa

Gostaria de uma cópia em PDF do estudo de caso?


Objetivos

  • Criar um modelo de simulação para planejamento estratégico para responder às seguintes perguntas:
    • Onde cada produto deve ser produzido?
    • Quais são os custos e benefícios da incorporação de produção de produtos de diferentes regiões?
    • Quais gargalos ou problemas de capacidade podem surgir?

Resultados

  • Modelo totalmente funcional para a tomada de decisões operacionais e financeiras.
  • Maior agrupamento de produtos na região da Ásia.
  • Evidência de uma iniciativa para expandir as importações de menor custo para regiões de maior custo para determinadas famílias de produtos.
Vantagem competitiva através da flexibilidade em manufatura

Empresas inteligentes buscam avaliar e transformar continuamente a forma como utilizam os seus ativos. Muitas vezes, a transformação torna-se necessária para maximizar os recursos em resposta às mudanças das circunstâncias. No caso de um cliente da Quadrillion Partners, essa mudança ocorreu baseado em uma decisão de fechamento da planta que transferiu obrigatoriamente os volumes de produção para diferentes locais - e ameaçou o aumento dos prazos de entrega para clientes críticos.

A empresa de consultoria Quadrillion, com base em Dallas, ajudou seu cliente, um fabricante de alta tecnologia do mercado intermediário global a desenvolver um novo processo de planejamento estratégico para tomar decisões rápidas e estruturadas ao consolidar as análises de diferentes plantas de fabricação ou reunir volumes globalmente. Para ajudar com o projeto, o Quadrillion trabalhou com o FlexSim para desenvolver um modelo de simulação global que ajudaria nesta tomada de decisão crítica. O objetivo? Determinar as opções para reunir as famílias de produtos em diferentes plantas globalmente balanceadas e submetidas a diferentes restrições, como custos e prazos de entrega para o cliente, para responder a perguntas como:

  • Onde cada produto deve ser produzido?
  • Quais são os custos e benefícios da incorporação de produção de produtos de diferentes regiões?
  • Quais gargalos ou problemas de capacidade podem surgir?

Gerenciando a Complexidade

O cliente da Quadrillion construiu um ecossistema de fabricação global complexo e produtivo: seis fábricas produzindo e enviando mais de 75.000 SKUs de mais de 20 famílias de produtos. Para atender as 600.000 encomendas globais por ano, essas fábricas contavam com mais de 1.000 equipamentos, dezenas de linhas de fabricação de fluxo contínuo e, em alguns casos, diferentes "mix" de produtos para produtos similares em diferentes locais. Tudo isso sem levar em consideração os compromissos de entrega para clientes importantes. Para o cliente final, o modelo FlexSim precisava representar todos os detalhes do sistema atual para ser útil - de modo que cenários alternativos para junção de volumes pudessem ser analisados.

Isso significava planejar um modelo de simulação único que vincularia encomendas, localização de clientes e plantas, custos e recursos atuais. Tudo, desde velocidades de máquinas até necessidade de funcionários, rotas logística com origem e destino no cliente até os locais indicados para importações e exportações deveriam ser consideradas. A Quadrillion reuniu e preparou uma quantidade surpreendente de dados operacionais do sistema; esses dados, contidos em 22 planilhas, podem ser atualizados regularmente para simulações futuras e, em seguida, rapidamente puxados e processados pelos recursos robustos de importação do Excel do FlexSim.

A Solução de Simulação

O modelo de simulação fez uso extensivo da ferramenta do FlexSim, Process Flow, que permite que as características do sistema sejam modeladas de maneira fácil, seguindo algumas etapas de fluxograma de processo. Este método de modelagem facilita a compreensão e expansão de modelos complexos sem sacrificar a capacidade de criar uma representação visual 3D do sistema. Ela também adiciona um elemento de flexibilidade e habilidade de resposta às atualizações de dados ao considerar diferentes cenários de simulação.

Um exemplo disso é quando o cliente deseja avaliar os efeitos da expansão do equipamento, um item de "lista de desejos" para o modelo de simulação. Ao adicionar um número de máquinas a um arquivo do Excel, a lógica do modelo é atualizado automaticamente para adicionar o número desejado de máquinas. Isso permite uma avaliação rápida do cenário para tomada de decisão sensível ao tempo.

Uma vez que o prazo de entrega do cliente foi uma métrica chave neste projeto, o modelo foi alimentado com dados de localização geográfica desenvolvidos pelo Quadrillion que relaciona o local de entrega de cada cliente com as plantas globais através do CEP. Os dados de localização geográfica foram então utilizados para calcular os prazos médios de entrega em dias para cada produto ser enviado para cada cliente globalmente. Esses dados foram usados como INPUT através do Excel para o modelo no FlexSim, de forma que, à medida que os volumes fossem agrupados, a equipe do Quadrillion poderia examinar o impacto nos prazos de entrega do cliente, tanto no nível do pedido do cliente quanto no histograma por família de produto. O modelo também mostrou o trade-off na rapidez com que os produtos podem ser entregues versus onde o pedido foi feito.

Resultados e Análise

O modelo de simulação examinou uma variedade de cenários, incluindo o agrupamento de volumes dentro das regiões, opções para consolidar plantas e as mudanças resultantes de novas leis trabalhistas com funcionários variáveis ao longo dos dias. Todas as métricas críticas foram apresentadas na saída do modelo: demanda por cliente, demanda por produto, capacidade interna e externa da planta, mudanças no tempo, prazos de entrega para o cliente, etc.

Mas o modelo também mostrou quando o equipamento excedeu durante a execução da simulação (conhecido na fabricação como um "gargalo" ou congestionamento ou bloqueio) - algo que só pode ser descoberto em um modelo de simulação que considera a variabilidade e interdependências das operações de um processo real. Uma vez identificados no modelo, os gargalos podem ser resolvidos com melhorias na velocidade do equipamento, reequilibrando a demanda em locais diferentes, ou substituindo peças do equipamento.

Vários resultados imediatos do modelo levaram a uma decisão para aumentar o segregamento e agrupamento de volumes em toda a região da Ásia, uma decisão de consolidar de seis para cinco fábricas (desativando uma planta), e uma iniciativa para expandir as importações de menor custo para regiões de custo mais elevado para determinadas famílias de produtos.

A existência de um modelo totalmente funcional e representativo do baseline, que é atualizado rotineiramente para planejamento, ajudou na tomada de decisões operacionais e financeiras com uma compreensão mais profunda do processo de fabricação. O modelo já está programado para ser expandido no futuro, adicionando mais recursos para uma tomada de decisão de planejamento estratégico mais rápido e para considerar desafios adicionais de fabricação.

Interessado em testar o FlexSim você mesmo? Faça o download da versão gratuita e comece hoje!

Por favor, aguarde

loading